sábado, 18 de dezembro de 2010

Melhor prevenir do que remediar!!!



Neste experimento (ratinho na caixa) podemos observar pelo menos 4 conceitos: reforçamento negativo, punição, fuga e esquiva.
Reforçamento negativo (fazer algo para remover um estímulo aversivo) - rato pressiona a barra.
Punição (parar de fazer algo para que o estímulo aversivo não reapareça) -  rato não anda pela caixa, não se arrisca a sair de perto da barra.
Fuga (fazer algo para se livrar do aversivo) - o rato pressiona a barra para eliminar o choque.
Esquiva (evitar o aversivo, antes mesmo dele acontecer) - o rato mantêm a barra pressionada.


O rato aprendeu a desligar o choque pressionando a barra; ele criou o comportamento de não se arriscar a sair de perto da barra.

5 comentários:

  1. Olá moça primeiramente gostaria de elogiar o conteudo do blog ,tudo tratado de forma clara e inteligente.Sou novo no assunto e preciso muito da ajuda de alguém ,compreendo a distinção entre reforçamento negativo e punição,porem gostaria de saber se eles não podem aparecer juntos em uma situação especifica ,por exemplo:

    Para não receber um estimulo aversivo (choque) preciso manter a postura ereta caso deixe de mante-la levarei uma descarga elétrica, dessa forma ocorre o fortalecimento da resposta de ficar ereto (reforçamento negativo).
    Por outro lado toda vez que eu fico encurvado levo uma descarga elétrica, e toda vez que abandono esse comportamento deixo de recebe la (punição positiva......eu acho.....não tenho certeza)

    Pelo que entendi nessa situação especifica, o estimulo aversivo age tanto para fortalecer a resposta alvo
    FICAR ERETO (reforçamento negativo) quanto para enfraquecer a resposta alternativa concorrente FICAR TORTO (punição positiva),é como se o estimulo aversivo (NESSA SITUAÇÃO ESPECIFICA))servisse tanto para fortalecer uma resposta quanto para punir a resposta contraria......ESSA AFIRMAÇÃO É CORRETA?? ISSO REALMENTE PODE ACONTECER??
    Olha........se você conseguir esclarecer essa dúvida começarei o ano de 2011 com o pé direito kkkk!!
    Muito obrigado shimabukuro (difícil de escrever esse nome, hein? kk)

    ResponderExcluir
  2. Fabiana H. SHimabukuro2 de janeiro de 2011 22:43

    Olá, Anônimo
    Obrigada pelo elogio, isso me reforça...rs..
    Sim, vc está correto, reforçamento negativo e punição podem sim aparecer numa mesma situação veja melhor acessando http://www.terapiaporcontingencias.com.br/jornal/dialogo_edicao47.html
    No seu discurso: “Por outro lado toda vez que eu fico encurvado levo uma descarga elétrica, e toda vez que abandono esse comportamento deixo de recebe-la (punição positiva......eu acho.....não tenho certeza)”...podemos dizer que vc emitiu um comportamento de esquiva, onde vc evita o aversivo antes dele acontecer. A punição positiva adiciona um estímulo aversivo no ambiente que interrompe imediatamente o comportamento inadequado. Na punição negativa existe a retirada de um estímulo reforçador como punição a um comportamento inadequado.
    Tem duas postagens onde vc pode se inteirar melhor sobre esses conceitos:
    http://wwwfabishimabukuro.blogspot.com/2010/12/punicao-como-agente-educador.html
    http://wwwfabishimabukuro.blogspot.com/2010/11/fuga-x-esquiva.html
    Tbem indico o livro do Catania – Aprendizagem: comportamento, linguagem e cognição.
    Espero ter ajudado um pouco
    Abços

    ResponderExcluir
  3. Aeeeeeeeeee!!!!
    Muitíssimo obrigado pela atenção,espero que vc tenha um incrível 2011 e entre com o pé direito!!
    Sua resposta foi bastante esclarecedora.......Porém tenho uma última dúvida (depois disso prometo não encher mais o saco)
    Então tá ....reforçamento negativo e a punição podem sim ocorrer simultaneamente (OK!!)

    Mas........isso ocorre sempre ?? Tipo, todas as vezes que ocorrer o reforçamento negativo ocorrera conseqüentemente a punição??
    Ou seja sempre que ocorrer o aumento da freqüência de uma resposta alvo (através do reforçamento negativo) consequentemente ocorrera a PUNIÇÃO de qualquer resposta contraria??
    Você poderia citar dois exemplos um onde a resposta é reforçada negativamente sem a presença da punição, e outro exemplo onde os procedimentos acontecem simultaneamente (reforçamento negativo + punição)???
    Eu sei que é pedir muito.....mas é que essa parte tá muuuuuuito difícil :-(
    Vai ser muito bom para vc começar o ano ajudando uma pobre alma necessitada rsrs (brincadeira)
    Obrigado por tudo moça,valeu!!

    ResponderExcluir
  4. Oi anônimo, que bom que esclareci algo...e pode voltar sempre que quiser, não é “encher o saco não”, para mim é um prazer poder ajudar e tentar esclarecer dúvidas; criei o blog para isso, gosto de trocar idéias e informações.
    Vc pergunta: “todas as vezes que ocorrer o reforçamento negativo ocorrerá conseqüentemente a punição??
    Hummm!!!!!! Vamos analisar juntos??? Imagine um dia quente e vc com muito calor numa sala com janelas fechadas, o que vc faz?? Vc vai lá e abre a janela, ou liga o ventilador ou o ar condicionado. O que vc fez? Eliminou o aversivo, que é o calor (reforço negativo).
    Uma outra situação: Vc está com fome. Vc vai na cozinha e prepara algo para comer; comendo algo vc está eliminado um estímulo aversivo (fome), novamente seu comportamento foi reforçado negativamente.
    Agora.....imagine que vc tem um cachorro e ele teima em lamber a mão das visitas. Vc vai lá e dá um tapa nele (ohhh dózinha não faça isso..rsrs). Vc PUNIU (positivamente) seu cão, provavelmente ele não fará isso novamente. Aqui temos um exemplo de reforçamento negativo+punição. O cão teve uma resposta punida, com isso a situação (receber visitas) se torna aversiva. Diante desta situação o cão poderá emitir uma resposta de fuga/esquiva que será reforçada negativamente pela retirada da condição aversiva(tapa). MAS LEMBRE-SE: a punição não instala comportamentos desejados

    Nessa mesma situação do cão com a visita, se olharmos para o seu comportamento (dar um tapa no cão) ele foi reforçado negativamente, pois vc retirou algo aversivo (a cão ficar lambendo a mão das visitas é uma situação meio chata, então para evitar isso vc vai lá e dá um tapa no cãozinho).
    Só mais um exemplo de punição+reforçamento negativo: imagine que vc recebeu uma multa no trânsito. Vc foi PUNIDO por ter emitido um comportamento inadequado, dá próxima vez vc respeitará as regras.
    Multa é estímulo aversivo e das próximas vezes vc provavelmente evitará falar ao celular dirigindo, vc evitará dirigir sem o cinto, vc evitará ultrapassar a velocidade, etc. Seu cpto foi reforçado negativamente, vc fará de tudo para evitar a multa (eliminar o aversivo).
    Abços

    ResponderExcluir
  5. OLAAA!!!
    Faaala Fabiana, como é que tá, tudo bom???
    Demorei para responder né??
    Olha,primeiramente obrigado pela sua resposta, mandei essa pergunta para alguns outros blogs e a grande maioria responde com uma má vontade inacreditável (isso quando respondem....a maioria apaga antes de ler rsrs)
    Acho que a principal ferramenta da internet é a troca de informações e o acesso livre ao conhecimento......... INfelizmente nem todo mundo pensa como você.
    Muito obrigado, boa sorte para você e para o seu blog espero que você continue postando e mais uma vez ......
    !!!!!!FELIZ ANO NOVOOOOO!!!!!!!

    ResponderExcluir

Marque presença. Deixe seu comentário, sugestão, críticas. Obrigada pela visita!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...